1 de out de 2013

Presidente da Rockstar gostaria de criar outro Bully



Dan Houser demonstrou, em entrevista ao Polygon, vontade de criar um novo Bully. “Eu sei que quero”, disse o cofundador da Rockstar sobre a possibilidade de um novo título sob a alçada do jogo original lançado em 2001. A pergunta foi rematada com um “nunca se sabe” quando questionado sobre a possível existência de um novo jogo de Jimmy no futuro.
Tal como já é habitual no legado de lançamentos da produtora, Bully foi lançado no meio de elevada controvérsia, tendo mesmo chegado a ser banido no Brasil, proibido em algumas lojas do Reino Unido e avaliado por um juiz na Florida antes de ser disponibilizado para venda. O jogo, que retrata a história do adolescente de 15 anos, Jimmy Hopkins, centra-se no delicado e muito discutido “bullying” escolar.
Ainda assim, Dan Houser não vê a personagem que ajudou a criar como um delinquente e afirmou que o regresso de Jimmy nunca seria possível como protagonista de uma entrada na série Grand Theft Auto: “Nunca o vi como nesse nível de corrompimento. Vejo-o como um mau adolescente, porque vem de uma casa complicada, que pode escolher uma das duas direções. Ele não vai tornar-se um assaltante de carros”, afirmou Dan Houser.
Se os jogadores poderão esperar ou não o regresso de Bully aos consolas só a Rockstar sabe, mas o jogo, o personagem e a história não parecem estar esquecidos.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Seguidores

Agregadores


Colmeia: O melhor dos blogs
Tedioso: Os melhores links
Agregador de Links - Madruga Links

Translate

Parceria

Powered by BannerFans.comAfontegeek -- A maior fonte sobre Cultura-Pop da internethttp://0.gravatar.com/avatar/202d794ecfe4a4b708470f33de8724c6?s=40&d=http%3A%2F%2F0.gravatar.com%2Favatar%2Fad516503a11cd5ca435acc9bb6523536%3Fs%3D40&r=G

Visitas