27 de mai de 2012

Análise: Max Payne 3





Oito anos depois de Max Payne 2, agora Max se aposentou de seu trabalho no NYPD , mudou-se para Hoboken , New Jersey e desenvolveu um grande vício em álcool e analgésicos. Max entra em um confronto em um bar com Anthony DeMarco Jr., o filho de um chefe da máfia local, e ex-policiais conhecidos de Max com a ajuda de Raul Passos tem a esperança de recrutar Max para um trabalho de segurança privada na América do Sul. Max resiste inicialmente, mas depois que ele mata Anthony Jr. em um tiroteio, ele concorda em ir para o Brasil.


Max e Passos trabalham para a família rica Branco em São Paulo, composta por três irmãos: o empresário Rodrigo, o politico Victor e o festeiro Marcelo. Durante uma festa realizada no apartamento de Rodrigo, ele e sua esposa Fabiana são sequestrados por uma gangue de rua chamada "Comando Sombra", mas Max consegue salva-los. Fabiana, sua irmã Giovanna e Marcelo são mais tarde novamente alvos em uma boate pela mesma quadrilha, que conseguiram sequestrar Fabiana. Como vocês puderam ver, Max Payne realmente entra em um novo conflito que terá muita ação, como de desejo dos jogadores.



Sempre desde o primeiro Max Payne tivemos como segundo aspecto principal para seu grande sucesso a belíssima qualidade de sua jogabilidade, entretanto será que em Max Payne 3, isto continuou? Você vai saber agora. Começando com os elementos que já tinham nos jogos anteriores, temos então primeiramente o Bullet Time, que desta vez assim como a outras vezes esta bem caprichado. O Bullet Time fará você certamente amar o jogo, pois certamente você entrará ao meio de um verdadeiro "JOGO DE AÇÃO". E falando sobre ação quero dizer que em relação aos outros jogos da série, Max Payne 3 superou em considerou de que a jogabilidade é bastante cinematográfica, pois ao longo de que se joga instantaneamente elementos da história agem junto, ou seja, você muitas vezes nem percebe que entrou uma Cutscene, pois logo o jogo continuará.


Estávamos falando das grandes novidades, mas agora quero sobre a reação dos jogadores em relação a diversão, facilidade e vicio. O jogo trás um tremendo divertimento, pois nele temos uma jogabilidade facilitada, sendo que dificilmente o jogador encurralará em algum momento do jogo, e isto acontecem pela consideração de que é bastante fácil desenvolver táticas para ultrapassar obstáculos, e a razão disso é que temos Mira Automática, um aspecto de cobertura eficiente, grande variedade de Armas e o controle é fácil de aprender e manusear, entretanto muitas vezes o que foi dito agora pode não agradar a todos, pois para alguns já acostumados com jogos TPS e FPS, acharam o jogo um pouco fácil, o que não é um grande problema, pois ainda se tem o Multiplayer.



Max Payne 3 pode ser considerado um dos jogos TPS com melhores gráficos desta geração. Com uma ambientação bastante realista, utilizando cenários de casas, estacionamento, a favela, casas noturnas, estádio de futebol, entre outros, estão todos com uma grande perfeição comparada com a verdadeira São Paulo. Os cenários foram tão bem caprichados que é quase impossível que em todos eles, não tenha um momento que o jogador pare para apreciar o local, isto também por causa que o jogo em si é bastante colorido, o que faz com que o jogador não enjoe dos cenários.


É bastante perceptível, que desta vez a Rockstar Games revolucionou a série. Max só utilizava aquela mesma famosa jaqueta e agora utiliza diversos tipos de roupas diferente, onde de um terno vai a uma camisa florida. E todas estão com uma qualidade gráfica magnifica, por conta de sua perfeita iluminação que esta bastante realista. A roupa pode ter mudado, todavia ainda o HUD clássico continua atuando com pequenas modificações, mas com o belíssimo Layout de sempre e acho que se mudassem, os jogadores iriam criticar negativamente.

Em Max Payne 3, os efeitos sonoros foram muito bem configurados em relação ao ambiente onde se esta, trazendo uma diversão ainda maior para o jogador, por conta deste aspecto. Por exemplo, em locais amplos o som fica bastante aberto, e em locais fechados o som abafa um pouco. As palavras brasileiras foram muito bem selecionadas, pois enquanto a "elite" utiliza palavras formais, os traficantes e bandidos utilizam palavras inadequadas em suas conversas, entretanto isto não quer dizer que a "elite" não faça o mesmo, todavia o mais interessante no áudio de Max Payne 3 que também apresentou-se nos jogos anteriores é que durante o jogo, nas horas de ação os inimigos falam várias palavras, mas que dificilmente se repetem.

A Trilha Sonora é muito boa e o legal é que se misturaram músicas brasileiras com internacionais. Conheça-a:



Max Payne 3 é perfeito para quem já era fã dos outros jogos da série, de adoradores de FPS e para quem gostou de Grand Theft Auto e digo isso por conta que a Rockstar Games realmente trouxe um toque de seu grandissimo jogo. Certamente você não irá se arrempender com a compra deste jogo, pois vai ama-lo de maneira a jogar até o fim do ano ou mais. E se você quer conhecer São Paulo, ou também para quem é de outro país, conhecer nosso grandioso Brasil, jogar Max Payne 3 fará você entrar uma viajem virtual onde tudo será feito por meio da imaginação em cópia da realidade.

Franquias como Battlefield, Call of Duty, Grand Theft Auto, Hitman, Gears of War, Uncharted e Army of Two, são as principais referências em questão da Ação que o jogo tem.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Seguidores

Agregadores


Colmeia: O melhor dos blogs
Tedioso: Os melhores links
Agregador de Links - Madruga Links

Translate

Parceria

Powered by BannerFans.comAfontegeek -- A maior fonte sobre Cultura-Pop da internethttp://0.gravatar.com/avatar/202d794ecfe4a4b708470f33de8724c6?s=40&d=http%3A%2F%2F0.gravatar.com%2Favatar%2Fad516503a11cd5ca435acc9bb6523536%3Fs%3D40&r=G

Visitas